Sindicato dos trabalhadores em depósito de distribuição de bebidas de São Paulo, Guarulhos, Osasco e Itapecerica da Serra, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Diadema

NOTÍCIA

Processo Seletivo

23/10/2018
  • Na manhã desta terça-feira (25/09), em parceria com a empresa SPAL/Coca Cola, do Sindicato dos Trabalhadores em Depósito de Distribuição de Bebidas de São Paulo – Sindbeb/SP, filiado à Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST, organizou em sua sede social (Rua: Capitão Cavalcante, 107 – Vila Mariana) processo de seleção para 20 vagas 20 vagas de emprego. Segundo José Biazon, presidente da entidade sindical, mais de 100 candidatos compareceram na busca de uma oportunidade.

    “Diante do número de desempregados, que só na cidade de São Paulo atinge 2 milhões de pessoas, qualquer alternativa voltada para amenizar essa questão é gratificante. Hoje, os que conseguiram voltar ao mercado de trabalho, com certeza, voltam para suas residências felizes. Procuraremos outras empresas que queiram contribuir com essa forma de oferecer mais vagas na categoria”, afirmou Biazon.

    Uma das principais consequências da crise econômica que atingiu o Brasil em 2015 e que permanece a nos afetar, foi o aumento do desemprego. A falta de emprego não afetou apenas quem perdeu a posição e busca de uma nova vaga no mercado de trabalho e, de acordo com Ualaci Anjos, Secretário Nacional de Assuntos de Transporte da Nova Central, quem está empregado também sofre os efeitos da crise.

    “A diminuição dos investimentos fez com que as empresas produzissem menos e demitissem funcionários (as) que, por sua vez, reduziram o consumo em um ciclo de encolhimento da economia. Quando a economia entra em crise, infelizmente os empresários enfrentam o problema, na maioria das vezes, com corte de pessoal. Quem fica empregado tem que conviver com a incerteza do dia seguinte”, diz o sindicalista. Ualaci alerta que, atualmente, 13 milhões de pessoas estão desempregadas, ou seja, 12,9%. Da população economicamente ativa. Devido a defasagem salarial, um em cada três trabalhadores (34%), procuram uma segunda atividade para complementar a renda.

    Fonte: Sindicato dos Trabalhadores em Depósito de Distribuição de Bebidas de São Paulo – Sindbeb/SP, entidade filiada à NCST